Ligação Direta - Notícias
Salvador, 17 de Julho de 2018

'Já existe uma tragédia anunciada só está faltando um agente aparecer morto', afirma André Camilo

O programa Ligação Direta (92,3) da rádio Nova Salvador FM, entrevistou na manhã desta sexta-feira (11), o presidente André Camilo da Associação dos Servidores em Transporte e trânsito do Munícipio (ASTRAM).  Em pauta no programa foi tratado com o presidente da ASTRAM, o auto número de agressões perante aos agentes da Transalvador. O número de agressões contabilizado até o momento é de 17 em todo território da capital baiana no período de cinco meses.

O presidente relatou sobre a criação da segurança viária no ano de 2014, sendo que os agentes de trânsito são profissionais de segurança pública e nem se quer tem um “badogue” para se defender, disse André Camilo.

Durante a entrevista o jornalista e editor chefe do site LD Notícia ALberval Figueiredo perguntou ao presidente sobre a relação conturbada da população com os agentes de trânsito na capital, além de relembrar o caso do Rio Vermelho que quase termina em uma tentativa de homicídio em razão de uma multa aplicada pelo agente e questionou sobre a falta de apoio dos guardas municipais nas operações.

“A competência de fazer trânsito é da transalvador ela tem que dá condições de segurança aos seus servidores uma vez que a lei já obriga isso. Já existe uma tragédia anunciada só está faltando um agente aparecer morto para as providências serem tomada”, afirmou André Camilo.

A falta de agentes e veículos para trabalho é algo que preocupa o presidente, atualmente a categoria têm disponíveis 36 viaturas e 16 motocicletas para ações de trânsito. Em comparação da gestão do prefeito antecessor João Henrique a transalvador possuía 80 viaturas e 40 motocicletas sendo que este número não era suficiente. 

Da redação com informações do programa Ligação Direta  da rádio Nova Salvador FM // ACJR

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados