Ligação Direta - Notícias
Salvador, 10 de Agosto de 2020

Saiba quem serão possíveis ministros no Governo Temer


Esta quinta-feira (12) marca um dia histórico para o país. Por 55 a 22 votos, o Senado decidiu pela admissibilidade da abertura do processo de impeachment que afasta a presidente Dilma Rousseff (PT) por 180 dias.
 
Com isso, hoje, às 16h, o vice-presidente assume o posto. Michel Temer anuncia também na tarde de hoje seus 22 ministros. Entre eles, o baiano, presidente do PMDB, Geddel Vieira Lima, está entre os cotados.
 
Temer prevê cortar dez ministérios para reduzir os gastos do governo assim que assumir o cargo. Para assumir as pastas remanescentes, já existe uma extensa lista de nomes. Veja a seguir algumas das prováveis faces do governo Temer.
O ministério da Fazenda, que será responsável pela retomada da economia, será assumido pelo ex-presidente do BC (Banco Central) Henrique Meirelles. Ele e Temer têm se reunido com frequência e deverão estabelecer reformas. 
Aliado de Temer, o senador e presidente interino do PMDB, Romero Jucá (PMDB-RR), é o nome mais cotado para assumir o ministério do Planejamento.
O ex-ministro Moreira Franco é cogitado para comandar uma supersecretaria ligada à Presidência que coordenará concessões, PPPs (parcerias público-privadas) e privatizações feitas durante o governo Temer.
 
Ex-ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha aparece como principal nome para assumir o cargo de ministro-chefe da Casa Civil, que estava vago após a nomeação de Lula ser barrada.
 
Padilha também é responsável pela indicação do cirurgião paulista Raul Cutait (foto) para assumir o Ministério da Saúde. A vaga em questão pertence ao PP. 
 
O senador José Serra (PSDB-SP) já foi cotado como provável ministro da Saúde e da Fazenda do governo Temer. No entanto, deve ficar com o comando das Relações Exteriores e integrará um 'núcleo duro' da economia.
Responsável pelo voto que decretou a admissibilidade do impeachment de Dilma na Câmara, o deputado Bruno Araújo (PSDB-PE) tende a ingressar no ministério das Cidades por indicação do partido.
O senador Blairo Maggi (PR-MT) já confirmou que vai assumir o ministério da Agricultura durante o governo Temer. O convite a ele teria sido feito pelo presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI).
 
O presidente do PMDB na Bahia, Geddel Vieira Lima, é o nome mais cotado para a Secretário de Governo de Michel Temer.
Atual secretário de segurança do governo de São Paulo, Alexandre de Moraes, é nome forte para ingressar no ministério da Justiça.
Foto: Reprodução/BocaoNews
 

Postado em 12 de Mai 2016 as 12 : 01 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados