Ligação Direta - Notícias
Salvador, 24 de Novembro de 2017

“ Embasa não pode punir só os pobres com o racionamento”, afirma Medrado

 

Resultado de imagem para fotos de marcos medrado

 

O âncora do programa Ligação Direta da Nova Salvador FM, radialista Marcos Medrado, disse que é inaceitável a Embasa impor um racionamento aos pobres da periferia e as classes média e alta nada sofrerem.

O planejamento da Embasa  de três dias com água e um dia sem água só penaliza os mais pobres porque as classes mais altas, que  moram em casas e apartamentos têm tanques nas partes baixa e alta com grandes reservatórios e  não serão  atingidas com a falta d’ agua por um dia.

Um outro fator a ser levado em consideração, também, é que as classes média e alta se por um acaso ficarem sem água têm condições de pagar um caminhão-pipa enquanto que o pobre, não.

No meu entendimento, afirma Medrado, a Embasa poderia poupar a população da periferia de ser penalizada com a falta d’água introduzindo o “sistema de manobras,” não suspendendo o fornecimento de água para a população mais pobre.

Pelo planejamento anunciado pela Embasa, a periferia terá sete dias sem água durante o mês o que na prática será mais dias devido a demora da pressão da água ser regularizada. Dessa maneira, conclui Medrado, “como sempre a corda só quebra do lado mais fraco, mas confio na sensibilidade do governador Rui Costa porque já foi morador da periferia”.

Por Alberval Figueiredo

Jornalista

Postado em 16 de Mai 2017 as 12 : 58 : 32

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados