Ligação Direta - Notícias
Salvador, 28 de Maio de 2017

Deputado baiano orientou compra de deputados contra impeachment de Dilma, diz Joesley

Deputado baiano orientou compra de deputados contra impeachment de Dilma, diz JoesleyUm dos donos da empresa JBS, Joesley Batista, teria sido orientado pelo deputado federal João Carlos Bacelar (PR-BA) a buscar apoio de outros parlamentares para votar contra o processo de impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT), no ano passado. A informação está na delação de Joesley à Justiça. A mando do ex-ministro Guido Mantega, o parlamentar do PR apareceu na casa de Joesley, às 22h30 do sábado anterior ao da votação no plenário da Câmara, com o objetivo de convencer o empresário a "comprar alguns deputados para votar em favor da presidente Dilma".

No anexo 13 da delação premiada de Joesley Batista, divulgada nesta sexta-feira (19) pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em troca, seriam pagos até R$ 5 milhões pelos votos dos deputados. No entanto, o empresário concordou em comprar cinco deputados federais ao custo de R$ 3 milhões cada.

Dos R$ 15 milhões, o dono da JBS afirma já ter pago R$ 3,5 milhões, sendo que os últimos R$ 500 mil foram pagos na sua casa, em março de 2017. Em entrevista ao site O Antagonista, Bacelar afirmou ser amigo do empresário, mas negou ter conhecimento do que foi afirmado por Joesley na delação. "Desconheço. Tenho que ver essa gravação", declarou.

Reprodução: Metro 1

Postado em 19 de Mai 2017 as 16 : 45 : 31

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados