Ligação Direta - Notícias
Salvador, 19 de Outubro de 2017

Suspeito de atropelar e matar avó e neta é preso no litoral de SP

Um homem embrigado foi preso após atropelar e matar uma mulher de 52 anos e a neta dela, de 4, nesta quinta-feira (12), em Guarujá, no litoral de São Paulo. O motorista foi espancado por populares após o acidente e precisou ser levado ao hospital.

O atropelamento ocorreu no km 6 da Rodovia Ariovaldo de Almeida Viana, conhecida como Estrada de Pernambuco, que interliga Guarujá a Bertioga. Segundo informações da Polícia Militar Rodoviária, o motorista perdeu o controle da direção perto de um curva e invadiu a calçada, atingindo a avó e a neta. O impacto da batida abriu um buraco na parede de um bar, que estava fechado, e derrubou um pedaço do telhado.

Nair Santana da Silva, de 52 anos, morreu na hora. A neta dela, a menina Betina Santana, de 4 anos, chegou a ser levada ao hospital Santo Amaro, mas teve uma parada cardiorrespiratória e morreu. Segundo a Polícia Rodoviária, o motorista Bruno Lopes dos Santos, de 29 anos, foi espancado por populares antes da chegada das equipes. Ele foi encaminhado com escoriações também para o Hospital Santo Amaro.

"Foi muito rápido, uma pancada muito rápida. A poeira cobriu tudo. Não cheguei nem mais a ver as vítimas. O motorista tentou se evadir, abriu a porta, querendo correr. Ele viu que a gente ia pegar ele, voltou para dentro do carro, travou as portas e continuou dentro do carro. Não saiu mais", conta o encarregado José Altamir Nogueira.

O motorista Bruno Lopes dos Santos é de Guarujá. O teste do bafômetro comprovou que ele estava bêbado. Ele foi indiciado por homicídio doloso, já que assumiu o risco de dirigir mesmo após ter consumido álcool. Os corpos da vítimas foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) de Guarujá.

Fonte: G1 (AO)

Postado em 13 de Out 2017 as 09 : 58 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados