Ligação Direta - Notícias
Salvador, 19 de Outubro de 2017

Ônibus que tombou na BA levava crianças para passeio em parque aquático; nº de mortos sobe para 5

Ônibus tombou na região de Piritiba (Foto: Reprodução/Mídias Sociais)

O ônibus que tombou na BA-421, em trecho que fica no município de Piritiba, localizado na região da Chapada Diamantina, levava crianças para um passeio em parque aquático de Jacobina, no norte da Bahia. O número de mortos no acidente subiu para cinco, segundo informações divulgadas pela prefeitura de Piritiba. Cerca de 30 pessoas ficaram feridas.

A viagem, organizada por conta do Dia das Crianças, teve início no municípío de Itaberaba, também na Chapada, e duraria cerca de 207 quilômetros. O tombamento ocorreu na altura do Km-17, próximo à fazenda Santa Luzia. O ônibus, que transportava cerca de 46 pessoas, pertence à Empresa de Transportes Macaubense (Entram). Um funcionário da empresa disse ao 

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia, foram identificados os corpos de Vanessa Diamantino de Almeida, 16 anos, Maria Ruthe Diamantino dos Santos Souza, 48, Margarida Lopes Mascarenhas, 68, e Penélope Pimentel Lopes, 2. Uma vítima do sexo feminino continua com identidade e idades ignoradas.

Conforme o secretário de Saúde de Piritiba, Antônio José, crianças e adolescentes, entre 2 e 16 anos estavam no ônibus, acompanhados de pais, avós, tios e outros parentes. O gestor afirmou também que, entre os mortos, estão mãe e a criança que iria fazer dois anos de idade no dia 22 de outubro. Ainda conforme Antônio José, outro bebê dela, que é gêmeo do que morreu, conseguiu sobreviver e tem quadro de saúde estável.

"Era um ônibus fretado de Itaberaba, que iria levar as pessoas para passar o dia inteiro em Jacobina, num parque aquático. Infelizmente, isso aconteceu. Pela contagem feita no local, 46 pessoas estavam no veículo, mas a gente não sabe precisar ao certo quantas eram crianças", disse José.
 

Quatro pessoas, entre elas a criança e a mãe, morreram ainda no local do acidente. A quinta vítima chegou a ser encaminhada para uma unidade de saúde de Piritiba, de onde seria transferida para outra cidade por conta dos graves ferimentos -- teve dois braços amputados --, mas também não resistiu.

Das cerca de 30 pessoas que ficaram feridas, conforme o secretário, 20 tiveram ferimentos graves. Ele não soube dizer quantas dessas pessoas são crianças. Segundo relata, muitos feridos tiveram amputações, fraturas expostas e traumatismo craniano. Os sobreviventes foram levados para hospitais de cidades próximas.

"Foi de repente. Na hora em que a gente entrou na curva, o ônibus virou. Foi só o que eu lembro", disse uma das sobreviventes, de prenome Monalisa, que teve ferimentos leves na testa.

Reprodução/G1 (FA)

Postado em 13 de Out 2017 as 10 : 44 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados