Ligação Direta - Notícias
Salvador, 22 de Janeiro de 2018

Corpo de mergulhador é achado três dias após desaparecer durante caça submarina em Valença (BA)

 

Artur Knot, de 38 anos, é morador do município de Valença (Foto: Reprodução / Facebook)

 

Foi localizado na tarde desta terça-feira (2) o corpo do empresário Artur Knoth, que estava desaparecido desde o sábado (30), durante um mergulho para prática de caça submarina, na região da Ilha d'Ajuda, que fica no município de Jaguaripe, no baixo sul da Bahia.

Segundo a polícia, Artur foi localizado durante buscas feitas por um mergulhador amigo dele, na mesma região do desaparecimento.

No início da noite, o corpo do empresário estava sendo necropsiado na sede da 5ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/Valença), onde o caso foi registrado. Artur knoth tinha 38 anos, era gaúcho, mas morava em Valença, onde tinha um restaurante.

Ainda não há informações confirmadas sobre o que impediu a volta do mergulhador à superfície. O delegado José Raimundo Nery, titular da Coorpin, detalha que ele usava todos os equipamentos, como a roupa específica para mergulho, mas prática de caça submarina era feita por apneia, sem a utilização de um cilindro de oxigêneo.

Ainda conforme a polícia, o corpo do mergulhador não ficou preso no fundo do mar, mas também não boiou provavelmente devido ao peso dos equipamentos.

Desde o desaparecimento, as buscas foram realizadas também com atuação equipes de resgate que estão na costa por meio de lanchas e barcos.

G1 AF////

Postado em 03 de Jan 2018 as 07 : 47 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados