Ligação Direta - Notícias
Salvador, 18 de Dezembro de 2018

Depois de 30 anos, tartarugas marinhas voltam a desovar na praia de Itapuã

Filhotes caminham nas areias de Itapuã até o mar (Foto: Adriana Oliveira/TV Bahia)

Pela primeira vez em 30 anos, tartarugas marinhas das espécies cabeçuda, pente, oliva e verde têm desovado em praias do perímetro urbano de Salvador, como a do Farol de Itapuã.

Antes desse período, os animais eram levados para desovar na praia de Busca Vida, em Lauro de Freitas, por conta das ações urbanas e do homem.

De acordo com a bióloga Natália Berchieri, do Tamar, a mudança foi feita a partir de um projeto de conscientização com a população.

Em Itapuã, 250 ninhos das quatro espécies estão dispostos em cercados. A bióloga explica que, por ano, 25 mil filhotes devem ser gerados no período de desova, que é de setembro a março.

"A média por ninho são de 120 ovos que elas colocam. O tempo de incubação é de 50 dias, para os filhotes poderem se desenvolver embaixo da areia, emergir e caminhar até o mar", descreveu.

Ainda segundo Natália, a área onde os cercados foram criados é estudada há cinco anos. "É um grande desafio. A gente [Tamar] monitora esse local desde 1990, e nesses últimos cinco estudando a metodologia, os parceiros pra fazer isso hoje", disse.

Ela explica que a finalidade do projeto é manter os ovos nas áreas naturais onde as tartarugas escolheram.

Fonte:  G1 // AO

Postado em 12 de Jan 2018 as 16 : 51 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados