Ligação Direta - Notícias
Salvador, 18 de Dezembro de 2018

Dez famílias que tiveram imóveis afetados por desabamento de prédio terão que deixar residências

Quatro pessoas morreram e três foram resgatadas com vida após desabamento de prédio em Pituaçu (Foto: Divulgação/SSP-BA)

Dez famílias que tiveram os imóveis afetados pelo desabamento do prédio que deixou quatro pessoas mortas, na manhã desta terça-feira (13), na rua Alto de São João, bairro de Pituaçu, em Salvador, terão que sair de suas residências por conta do risco de desabamento.

Segundo informações da prefeitura, além do prédio que desabou, sete imóveis vizinhos foram condenados pela Defesa Civil: duas casas que ficam na área superior ao local onde houve o desabamento começaram a ser demolidas ainda nesta terça; enquanto cinco barracos de madeira que ficam na parte de baixo do local da tragédia serão removidos posteriormente.


Ainda segundo a prefeitura, as 10 famílias que terão que deixar suas casas receberão auxílios para se manterem em outros locais. Três dessas famílias receberão dois benefícios, o auxílio-moradia (para quem precisa, por alguma razão, deixar uma área onde há risco para a vida) e o auxílio-emergência (concedido a todos que tiveram perdas materiais).

Outras sete receberão apenas o auxílio-moradia, porque terão de deixar seus imóveis diante de riscos estruturais identificados pela Codesal ou por terem de ser demolidos para viabilizar a entrada de máquinas para a retirada de escombros. Ainda de acordo com a prefeitura, em caso de demolição, todos os objetos e pertences serão retirados dessas residências.

As famílias cadastradas para o auxílio-moradia receberão R$ 300 mensais. Já as cadastradas para o auxílio-emergência ganharão três salários mínimos. Também serão concedidos quatro auxílios-funerais para viabilizar o sepultamento das vítimas que estavam no imóvel que desabou, entretanto não foi informado o valor do benefício para o enterro das vítimas. A expectativa é que o pagamento dos benefícios esteja disponível na próxima semana.

Fonte: G1 // AO

Postado em 14 de Mar 2018 as 07 : 42 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados