Ligação Direta - Notícias
Salvador, 21 de Junho de 2018

Cristiane Brasil diz ter ficado 'surpresa' por ser alvo de operação da PF

Resultado de imagem para Cristiane Brasil diz ter ficado 'surpresa' por ser alvo de operação da PF

A deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ) afirmou ter ficado "surpresa" por ser alvo da segunda fase da Operação Registro Espúrio, deflagrada nesta terça-feira, 12, pela Polícia Federal, para aprofundar as investigações a respeito da suspeita de fraudes na concessão de registros sindicais no Ministério do Trabalho.

Segundo a deputada, ela "não tem papel nas decisões tomadas pelo Ministério do Trabalho". "Espero que as questões referentes sejam esclarecidas com brevidade e meu nome limpo", disse.

Cristiane é filha do presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, condenado e preso após denunciar o esquema do mensalão no governo Lula. No início do ano, ela chegou a ser indicada pelo presidente Michel Temer para assumir a pasta do Trabalho, mas foi impedida de tomar posse após uma série de decisões da Justiça Federal e uma liminar da presidente do Supremo Tribunal Federal, Cármen Lúcia.

Desde o início do governo Temer, o Ministério do Trabalho está sob o comando do PTB. O atual ministro, Helton Yomura, é ligado a Cristiane.

Nesta terça, policiais federais cumpriram três mandados de busca e apreensão em endereços da deputada, no Rio e em Brasília, inclusive no gabinete da deputada na Câmara.

Em 30 de maio, a PF deflagrou a primeira fase da Registro Espúrio, que teve como alvo Jefferson e os gabinetes dos deputados Jovair Arantes (PTB), Paulinho da Força (Solidariedade) e Wilson Filho (PTB).

Estadão // AO

Postado em 12 de Jun 2018 as 15 : 18 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados