Ligação Direta - Notícias
Salvador, 18 de Novembro de 2018

MP volta a recomendar proibição de guerra de espadas em Senhor do Bonfim

 

 

O Ministério Público da Bahia (MP-BA) voltou a recomendar à prefeitura de Senhor do Bonfim, no interior do estado, que não promova, prepare, apoie ou coopere com a guerra de espadas no município.

A “brincadeira”, que é uma tradição no São João da cidade, pode ser até alvo da Polícia. De acordo com o MP, caso alguém seja pego soltando espadas, pode ser preso em flagrante e até mesmo responder pelo crime de porte de arma de fogo e munição. A pena pode variar de três a seis anos de prisão, além de pagamento de multa.

Em junho do ano passado, foi sancionado o projeto de lei que transforma a guerra de espadas em patrimônio cultural e imaterial da cidade.

 

VN/// Figueiredo

Postado em 22 de Jun 2018 as 04 : 43 : 12

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados