Ligação Direta - Notícias
Salvador, 24 de Setembro de 2018

Suspeitos de matar seguranças de show do Harmonia morrem após confronto em Jauá

Dois homens morreram após troca de tiros com policiais em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. Pablo Azevedo Vieira Santos, conhecido como “Marão”, e Mateus Rafael Passos Gomes dos Santos, o “Friza”, foram localizados durante uma operação conjunta das Polícias Civil e Militar na madrugada desta quinta-feira (12).

Segundo o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), ambos são moradores do Nordeste de Amaralina, em Salvador, e participavam da chefia do tráfico de drogas na região. Os policiais chegaram até eles, que estavam em Jauá, para cumprir mandados de prisão. A dupla, porém, reagiu à abordagem e acabou sendo baleada.

Pablo e Mateus chegaram a ser socorridos para um hospital, mas não resistiram aos ferimentos. Com eles, foram encontradas duas pistolas. Todo o material foi levado para a sede do DHPP. Os dois homens eram investigados pelas mortes de três seguranças que trabalhavam no show “Melhor Segunda-Feira do Mundo”, em 2017.

Participaram da operação nessa madrugada agentes do Grupamento Aéreo da PM; das Companhias Independentes de Policiamento Tático; da 40ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM/Nordeste de Amaralina); do PATAMO; do DHPP e da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO).

MORTE DE SEGURANÇAS 

No último dia 5 de março, na véspera de o caso completar 13 meses, uma reportagem especial do Aratu Online relembrou a chacina, que vitimou Derivaldo Rocha dos Santos, Geraldo Mota Cunha e Márcio Rogério Bandeira. Tudo aconteceu na passarela próximo ao Estádio Metropolitano de Pituaçu, em fevereiro de 2017.

Sem citar nomes, o responsável pelas investigações, Odair Carneiro, disse à reportagem na época que os responsáveis pelo triplo homicídio moram no Nordeste de Amaralina. Em março desse ano, a PM prendeu Rafael Assis Amaro Nascimento, conhecido como ”Fadiga”, também apontado por participação no atentado.

Segundo as investigações, Derivaldo, Geraldo e Márcio foram os escolhidos pelos assassinos para vingar um caso que tinha acontecido uma semana antes, também durante o show da “Melhor Segunda-Feira”. No dia 30 de janeiro, o traficante conhecido como “Bolsa” foi retirado por seguranças de um camarote e encontrado morto em seguida.

A tarde // AO

Postado em 12 de Jul 2018 as 12 : 19 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados