Ligação Direta - Notícias
Salvador, 22 de Outubro de 2018

Bahia empata no último minuto contra o Atlético-MG e deixa o Z-4

O Bahia chegou ao quinto jogo sem derrota na Série A. Na noite desta segunda-feira (30), o Tricolor perdia até os 48 minutos do segundo tempo, mas arrancou um empate de 2 a 2 com o Atlético-MG, na Arena Fonte Nova.

Matheus Galdezani abriu o placar para o Galo logo aos quatro minutos de jogo. Aos 40 do segundo tempo, o goleador Gilberto deixou tudo igual. Já nos acréscimos, Ricardo Oliveira colocou o time mineiro novamente na frente aos 46, mas dois minutos depois Régis garantiu o empate no último lance da partida.

Com o resultado, o time baiano deixou a zona de rebaixamento e assumiu a 15ª colocação com 17 pontos ganhos e um jogo a menos. O Esquadrão agora volta a campo na próxima quinta-feira (2), desta vez pela Copa do Brasil, contra o Palmeiras.

O JOGO

O jogo começou com um cochilo da defesa do Bahia. Logo aos quatro minutos, o Atlético-MG abriu o placar.

Patric cruzou bola da direita, Grolli tirou de cabeça, mas Chará aproveitou a sobra para driblar Gregore e rolar para Matheus Galdezani chutar no cantinho de Andeerson.

Apesar do gol sofrido, o Bahia não se abateu e quase chegou ao empate aos oito minutos. Léo aproveitou rebote e chutou forte de fora da área. Victor fez grande defesa.

Aos 20 minutos, o Tricolor voltou a assustar. Marco Antônio fez jogada pela direita e cruzou na área. Edigar Junio não alcançou e Juninho isolou para evitar o gol.

Já aos 36, o time baiano teve a última boa chance do primeiro tempo. Após cruzamento de Bruno, Edigar Junio desviou de cabeça e tirou tinta da trave.

No segundo tempo, o primeiro bom lance só aconteceu aos 12 minutos. Vinicius cobrou escanteio, Tiago desviou de cabeça e Victor foi buscar no ângulo.

Três minutos depois, o Bahia assustou com a mesma jogada. Vinicius cobrou escanteio, Tiago desviou de cabeça e, desta vez, mandou a bola rente à trave.

Aos 17, foi a vez do Galo responder. Após cruzamento de Patric, Tiago tentou cortar e mandou para o próprio gol. Anderson se esticou para espalmar e evitar.

Aos 32 minutos, após sobra de bola na área, Tiago tentou o chute e a bola resvalou no braço de Gabriel. Os jogadores do Bahia pediram pênalti, mas o árbitro nada marcou.

Mas, dois minutos depois, o Esquadrão chegou ao empate. Em contra-ataque rápido, Gilberto recebeu na entrada da área e acertou uma bomba sem chances para Victor.

Porém, já nos acréscimos, aos 46 minutos, Chará deixou Ricardo Oliveira livre para bater na saída de Anderson e colocar o Galo novamente na frente. 

Só que a comemoração atleticana durou apenas dois minutos. No último lance da partida, aos 48 minutos, Régis aproveitou cruzamento na área, dominou e tocou no canto esquerdo de Victor para garantir o empate.

Da redação com informações do Galáticos Online // ACJR

Postado em 31 de Jul 2018 as 08 : 42 : 08

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados