Ligação Direta - Notícias
Salvador, 19 de Novembro de 2019

Médica do Hospital Menandro de Farias recusa atender grávida, e mulher dá a luz no banco da praça em Lauro de Freitas

 

 

Um dia antes de uma jovem ter dado à luz ao filho no corredor do Hospital Menandro de Farias, em Lauro de Freitas, Região Metropolitana de Salvador (RMS), uma mulher teve um bebê no banco de uma praça em plena madrugada, em Lauro de Freitas, a poucos metros do Hospital

O caso aconteceu no domingo (12) e a gestante chegou a procurar atendimento no mesmo hospital, mas foi informada por funcionários que não havia nenhum médico obstetra no local.

Apesar disso, a grávida, que não foi identificada, conversou com o segurança e explicou que estava sentido dores e pediu para ser encaminhada para outro hospital por uma ambulância, para que tivesse a criança.

A solicitação não foi acatada e ela decidiu ir embora. Com R$ 20 nas mãos, a mulher pediu uma corrida com um taxista, que cobrou R$ 30 pelo serviço e se recusou a transportar a gestante.

Fora da unidade hospitalar, o parto foi realizado em um banco de uma praça por uma amiga, uma vendedora ambulante e mototaxistas que estavam no local.

A diretora de gestão da rede hospitalar da Secretaria Estadual de Saúde (Sesab), Tereza Paim, alegou que, embora não existisse obstetra no momento do parto, o hospital possui outros profissionais capacitados para atender as gestantes. Contudo, a Sesab e a direção do hospital vão reforçar a capacitação dos funcionários a fim de evitar novos casos. Novos profissionais devem ser contratados.

 

VN /// Figueiredo 

Postado em 15 de Ago 2018 as 05 : 23 : 03

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados