Ligação Direta - Notícias
Salvador, 19 de Janeiro de 2019

DJ suspeito de agredir mulheres deixa delegacia rindo; delegada afirma: "tem perfil agressivo sim"

[Rindo, DJ suspeito de agredir mulheres deixa delegacia; delegada afirma:

João René Espinheira Moreira, 33 anos, conhecido como DJ John Oliver, prestou depoimento na 7ª Delegacia, na manhã desta sexta-feira (11), no bairro do Rio Vermelho, em Salvador. O DJ é suspeito de agredir a ex-namorada Juliana Galdino, de 26 anos. Ele foi intimado a comparecer na unidade policial na quinta-feira (10), mas só esteve na delegacia no final da manhã de hoje, na companhia de advogados. Após prestar o depoimento, o DJ deixou o local rindo.

Suspeito de agredir ex-namorada, DJ John Oliver presta depoimento em delegacia

"Ele na realiadade negou os fatos e existem outros na DEAM (Delegacia de Atendimento à Mulher)", afirmou a delegada titular, Lúcia Jansen, em entrevista concedida com exclusividade ao Balanço Geral, da Record TV Itapoan. Ainda segundo a delegada, o DJ "possui relacionamnto com várias mulheres ao mesmo tempo" e "tem perfil agressivo sim". 

A delegada informou também que antes de pedir a prisão temporária do DJ, "novos fatos serão revistos e que novas supostas vítimas podem aparecer".

O DJ Oliver responde a quatro processos no Tribunal de Justiça da Bahia, todos por agressão a mulheres, tendo, inclusive, sido preso em flagrante em 2008 após jogar da escada a sogra e uma ex-companheira.

Bnews // AO

Postado em 11 de Jan 2019 as 16 : 52 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados