Ligação Direta - Notícias
Salvador, 19 de Janeiro de 2019

Se assumir liderança política, Bolsonaro pode aprovar a Previdência que quiser, diz economista

 

00

 

Fabio Giambiagi, 57, economista-chefe do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), afirma que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) tem “todas as chances” de aprovar ainda neste ano uma reforma da Previdência.

“Bolsonaro derrotou simplesmente a maior liderança surgida no país desde Getúlio Vargas”, diz, referindo-se ao PT e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teve sua candidatura substituída pela de Fernando Haddad.

“Esse é um capital político formidável. O presidente pode aprovar a reforma que quiser se assumir a liderança do processo”, afirma.

Acompanhando mensalmente as estatísticas do sistema, Giambiagi diz que cerca de 60% das aposentadorias por tempo de contribuição vêm sendo concedidas a pessoas com até 55 anos. No caso das mulheres, quase 30% até os 50 anos de idade e mais de 75% até os 55 anos.

“Isso é um crime contra o futuro. Um país onde as pessoas se aposentam com 52 ou 53 anos não tem direito a se queixar quando falta dinheiro para a segurança.

 

Folha/ Figueiredo 

Postado em 12 de Jan 2019 as 09 : 58 : 19

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados