Ligação Direta - Notícias
Salvador, 13 de Novembro de 2019

Salvador sedia I Encontro Regional de Saúde Nordeste

A Bahia recebe, até sexta-feira (8), o I Encontro Regional de Saúde Nordeste, que discute o aperfeiçoamento e o compartilhamento de experiências positivas na gestão do Sistema Único de Saúde (SUS). A abertura do evento, que aconteceu na manhã desta quinta-feira (7), na Escola Pública de Saúde da Bahia, em Salvador, incluiu o debate do cenário fiscal e formas de financiamento que ajudem a consolidar o setor. Este primeiro encontro é promovido pelo Consórcio Nordeste e o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS) com apoio da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) e do Conselho Brasileiro de Estudos de Saúde e Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

O secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, destacou que, durante o evento, serão apresentadas as iniciativas que vêm sendo implementadas no estado. “A Bahia vem apresentar experiências na área de gestão, em especial a eficiência no controle de gastos. Aqui temos uma ação peculiar que são os consórcios interfederativos entre estado e municípios. Nós estamos fazendo através do Consórcio Nordeste um projeto de integração entre os nove estados e a Bahia está capitaneando estas primeiras ações que, ao longo dos próximos meses, será descentralizado para todos os estados”, explicou.

Durante os dois dias de programação, participam representantes de 17 estados entre gestores e especialistas da área de saúde. O presidente do CONASS e secretário de saúde do Pará, Alberto Beltrame, pontuou a importância da parceria do Consórcio Nordeste.  “O CONASS está presente nesse encontro para apoiar a iniciativa do Consórcio Nordeste e ressaltar a importância dessa forma de cooperação entre os estados para o aprimoramento da governança e da gestão do SUS. Com isso, é possível a adoção de medidas práticas, como por exemplo a compra de medicamentos de forma consorciada pelos noves estados do Nordeste, que permitiu uma redução de 30% no custo desses medicamentos. O compartilhamento de experiências e informações ajuda a melhorar a atenção à saúde para o cidadão”.

De acordo com a organização do evento, a expectativa é que, ao final do encontro, seja elencada uma série de ações que possam ser encaminhadas aos Municípios, Estados e Governo Federal. O coordenador do Sistema de Saúde da Opas participou do evento e comentou a necessidade de discussão dos problemas do setor. “No Brasil, nós temos um programa de atenção básica de saúde que é muito efetivo e trouxe enormes resultados na melhoria dos índices de mortalidade infantil e condições de internações. A solução é fortalecer mais ainda o Programa de Saúde da Família e fazê-lo mais resolutivo. Acho que todos os esforços devem se concentrar no fortalecimento à atenção básica, e espero que esta seja uma das decisões adotadas neste encontro”, avaliou.

Compra de medicamento pelo Consórcio Nordeste

A compra a que se refere o presidente do CONASS é fruto de uma licitação conjunta para compra de remédios que envolveu a aquisição de dez itens componentes especializados da assistência farmacêutica. O edital previa o investimento de R$ 133 milhões na aquisição dos medicamentos, mas a empresa vencedora do certame apresentou uma proposta final no valor de R$ 118 milhões. Os preços praticados pelos Estados antes do Consórcio Nordeste poderiam chegar aos R$ 166 milhões.

Fonte: Sesab // Itatiaia Fernandes

 

Postado em 08 de Nov 2019 as 12 : 25 : 52

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados