Ligação Direta - Notícias
Salvador, 08 de Dezembro de 2019

Sesab apresenta novo modelo de aquisição de medicamentos que pode reduzir custos em até 30%

A Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) realizou, na manhã desta quinta-feira (14), o seminário Modelo de Compras de Medicamentos na Atenção Básica, no auditório do Ministério Público da Bahia. A expectativa com o novo modelo é alcançar uma economia de até 30% aos cofres públicos. Além disso, os principais beneficiados serão os municípios que têm dificuldade de concluir as licitações devido ao desinteresse de fornecedores e os altos custos administrativos.

“A gente precisa da união, do trabalho em rede, apostando muito na atenção primária. Se a gente consegue diminuir o orçamento em pelo menos 30%, no quantitativo de 345 medicamentos, isso vai ter um impacto muito importante para os municípios”, pontuou a subsecretária da Saúde, Tereza Paim, durante a abertura do evento.

O registro de preço compartilhado já é uma realidade em Minas Gerais e no Consórcio Nordeste. “Constam 345 medicamentos no componente básico da assistência farmacêutica, totalizando um gasto anual de R$ 160 milhões, envolvendo estado e municípios. Com o ganho de escala, será possível ampliar a oferta de medicamentos devido à redução no custo unitário”, explica o titular da Sesab, Fábio Vilas-Boas.

Entre as vantagens, os municípios terão a redução do custo administrativo e logístico. Não será mais necessário realizar licitação, nem o deslocamento até a capital para buscar os medicamentos, visto que as entregas ocorrerão na própria localidade.

Para o superintendente de Assistência Farmacêutica, Ciência e Tecnologia em Saúde (Saftec), Luiz Henrique d’Utra, “o novo modelo permitirá aos municípios executarem os recursos disponíveis de modo mais eficiente”, afirma.

Fonte: Sesab - Governo da Bahia // Itatiaia Fernandes 

Postado em 14 de Nov 2019 as 11 : 45 : 50

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados