Ligação Direta - Notícias
Salvador, 19 de Janeiro de 2021

Estado realiza último dia de testagem para o novo Coronavírus nas escolas do Subúrbio Ferroviário nesta sexta-feira (25)

O Governo do Estado realiza, nesta sexta-feira (25), no Colégio Estadual Sara Violeta, no Alto da Terezinha, o último dia de testagens para o novo Coronavírus nas escolas estaduais do Subúrbio Ferroviário de Salvador. A iniciativa, que iniciou em 31 de agosto, percorreu as 28 unidades escolares da região, ofertando a oportunidade de aplicação do teste do tipo RT-PCR a um público de mais de 30 mil pessoas, entre estudantes, professores e funcionários da rede estadual de ensino. Os exames estão sendo realizados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (LACEN) e os resultados serão divulgados após análise de todas as testagens.

 

Nesta quarta-feira (23), os Colégios Estaduais Lindenbergue Cardoso (Praia Grande) e Monteiro Lobato (Fazenda Coutos) realizaram as testagens com a próprias comunidades escolares.

O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, fez uma avaliação do processo. “Nós fizemos a testagem com dois objetivos: um é para a gente compreender o comportamento da COVID-19 na nossa rede e começamos no primeiro bloco, há quatro meses, em Itajuipe, Uruçuca e Ipiaú; depois Ilhéus, Itabuna e Jequié; e agora pegamos Salvador, em uma região grande e populosa. Os dados vão nos ajudar na tomanda de decisão sobre o  retorno do ano letivo,  mesmo que ainda não tenhamos data definida. E o outro objetivo é cuidar, zelar pela nossa comunidade escolar e, consequentemente, de suas famílias, inclusive para que tenham o devido acompanhamento nos casos positivos", afirmou.

 

A estudante Bianca Julião,  do Colégio Estadual Lindenberg Cardoso,  foi fazer o teste e falou sobre a importância da iniciativa. "Foi muito importante participar da testagem na escola para que o Estado tenha conhecimento do grau de contaminação no bairro e possa planejar a volta às aulas".

 

O professor de Educação Física, Jorge Sacramento Júnior, do Colégio Estadual Lindenbergue Cardoso,  falou da oportunidade das testagens na escola. "É interessante para estimar o número de pessoas que podem estar com o novo Coronavírus e, assim, cuidarmos da saúde da comunidade escolar e já nos prepararmos na expectativa da vacina, que está se tornando uma realidade com esses convênios firmados pelo governo", disse. 

 

O estudante Davi Rocha, do Colégio Estadual Monteiro Lobato, destacou a oportunidade de realizar o teste na escola. "É bom para a segurança de nossa família. Muitos não têm a condição de pagar para fazer o teste e podemos, em caso de positivo, já ter uma orientação para o tratamento", disse.

 

Para a sua colega Laísa de Freitas,  também do Colégio Estadual Monteiro Lobato, é preciso empatia neste momento de pandemia. "Achei muito interessante a testagem incluir, além dos estudantes, os professores e funcionários, porque é uma situação difícil pela qual todos estão passando e é importante nos cuidarmos e também nos preocuparmos com o outro", afirmou.

 

Para o atendimento, que é promovido pelas secretarias estaduais da Educação (SEC) e da Saúde (SESAB), todas as unidades escolares foram preparadas com a higienização do local e disponibilização de álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos, além da exigência do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Os professores e demais pessoas a serem testados deverão utilizar máscaras de proteção para o acesso aos locais. Ao entrar, todos são direcionados para a higienização correta das mãos.

Ascom Secretária da Educação do Estado da Bahia // Itatiaia Fernandes

Postado em 24 de Set 2020 as 10 : 47 : 47

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados