Ligação Direta - Notícias
Salvador, 06 de Dezembro de 2019

Atos contra impeachment de Dilma mobilizam 25 estados e DF

Centrais sindicais, entidades civis e representantes de partidos políticos da base do governo foram às ruas, na quarta-feira, em pelo menos 25 estados e no Distrito Federal, num ato a favor do mandato da presidente Dilma Rousseff e contra o processo de impeachment. Segundo números da Polícia Militar, 51 mil pessoas participaram de protestos em todo o país. Já os organizadores estimam que o total de manifestantes foi de 287 mil.

No último domingo, numa manifestação a favor do impeachment de Dilma, 83 mil pessoas foram às ruas de pelo menos 87 cidades do país, segundo a PM. Já os organizadores falavam em 190 mil.

Além do apoio ao governo Dilma, manifestantes também pediram o afastamento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e criticaram a política econômica. No Centro do Rio, grupos se concentraram na Cinelândia. De acordo com os organizadores, 6 mil pessoas participaram do ato. A Polícia Militar não divulgou a estimativa. Os manifestantes cantaram “Para não dizer que não falei das flores”, de Geraldo Vandré, hino de resistência à ditadura militar, e levantaram cartazes onde se liam “Eu não vou deixar ter golpe” e “Golpe, só de ar”. Houve queima de fogos.

— Quem vai decidir esse debate não é o Supremo (Tribunal Federal), é o povo na rua — disse Roberto Amaral, ex-presidente do PSB, da Frente Brasil Popular.

Foto: Reprodução/O Globo

Postado em 17 de Dez 2015 as 07 : 24 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados