Ligação Direta - Notícias
Salvador, 13 de Abril de 2021

Agressor de mulher é interrogado pela polícia em Ilhéus

Carlos Samuel Freitas Costa Filho, homem que agrediu uma mulher com socos no meio da rua em um bairro de Ilhéus, no sul da Bahia, foi interrogado na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam), do referido município, na tarde desta quinta-feira (15/10). O agressor apresentou-se acompanhado de um advogado, ao saber que estava sendo procurado pela Polícia Civil.

Por meio de nota à imprensa, a Polícia Civil informou que Samuel já foi alvo de outros três inquéritos por violência doméstica, procedimentos já finalizados e remetidos à Justiça, em 2015 e 2016. Entre as vítimas, estão a mãe do agressor e antigas companheiras. Além disso, outros sete boletins foram registrados na unidade, porém as investigações não puderam avançar, visto que as vítimas não quiseram ir adiante e se recusavam a comparecer para dar informações sobre os episódios de violência.

LEIA MAIS: Polícia identifica e procura homem que espancou mulher em Ilhéus; vídeo viralizou nas redes

A delegada Márcia Rezende, titular da Deam/Ilhéus, começou a apurar as agressões assim que tomou conhecimento do fato. “Tivemos acesso ao vídeo e identificamos o autor, que começou a ser procurado imediatamente”, ressaltou, acrescentando que um boletim de ocorrência foi aberto, mesmo sem o comparecimento prévio da vítima, por se tratar de ação penal pública incondicionada.

Policiais da Deam/Ilhéus realizaram diligências durante toda manhã desta quinta-feira e a vítima foi localizada e ouvida. De acordo com as informações levantadas durante a apuração, o crime foi filmado em junho deste ano.

A delegada esclareceu que, em uma das ocasiões, Samuel chegou a ser preso em flagrante por agredir a mãe, mas foi liberado em seguida pela Justiça. Após ser ouvido na tarde de hoje pelo delegado Evy Paternostro, coordenador da Coorpin de Ilhéus, o agressor foi liberado por não ter havido flagrante, mas teve sua prisão solicitada à Justiça.

REPERCUSSÃO

O vídeo da agressão repercutiu em todo o Brasil, e famosos como Luciano Huck e Hugo Gloss compartilharam as imagens, pedindo justiça. No Twitter, o apresentador escreveu: "Vamos identificar este merda, covarde, criminoso. Vamos espalhar até encontrar. E espero que a polícia e a justiça cumpram seu papel. Que raiva que me deu assistir a esta covardia". 

 

Reprodução: Aratu on

da Redação do LD

Postado em 16 de Out 2020 as 06 : 22 : 17

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados