Ligação Direta - Notícias
Salvador, 06 de Dezembro de 2019

Rui Costa instala bandeira em homenagem aos heróis da Revolta do Búzios em Salvador

O governador Rui Costa participou, na manhã desta sexta-feira (18), da instalação da bandeira em homenagem aos heróis da Revolta do Búzios (1788), também conhecida como Revolta dos Alfaiates ou Conjuração Baiana, na Praça da Piedade, em Salvador. 

Na solenidade, Rui falou sobre a importancia em enfatizar questões históricas para fortalecer a luta contra o racismo na Bahia.

"A luta  é cotidiana, é uma luta de valores, de cultura e de costumes que estão enraizados em comportamentos, em frases, que as vezes saem de forma até espontânea porque  são resquicios de uma sociedade escravocrata", comentou.

Rui disse ainda que pretende fazer com que a socidade baiana conheça suas origens, dando valor ao que foi construído no passado

"Lideranças que construíram o nosso país, o nosso estado, a nossa cidade, ficaram escondidas nos livros de histórias, na memória do povo e eu diria que é obrigação nova rescrever isso, dando visibildade a movimentos sociais, a revolta, a lideranças que lutaram pela igualdade dos seres humanos. Eu quero nas estações no metrô, batizalas de algumas lideranças expressivas da história do brasil, que foram negros que lutaram pela igualdade, acho que isso afirma a nossa origem negra com muito orgulho, eleva a auto-estima  da nossa cidade, do nosso estado e afirma nossa cultura. Somos um povo que tem história, tem tradição e é importante que cada cidadão saiba o que fomos no passado pra construirmos o que seremos no futuro", disse o governador.

 

A instalação da réplica da bandeira do movimento é resultado de uma articulação das secretarias estaduais de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), de Comunicação (Secom) e da Cultura (Secult), com apoio do Olodum e do Ilê Ayiê, visando contribuir para resgate da história da luta dos negros na Bahia e no Brasil. Hoje, a Praça da Piedade já abriga os bustos dos mártires do movimento: Manuel Faustino, Lucas Dantas, João de Deus e Luís Gonzaga. A bandeira que será hasteada tem duas tiras branca e uma azul, com uma estrela vermelha e a inscrição em latim “Surge, nec mergitur” (Apareça e não se esconda). 

Foto: LD Notícias/Fabrício Cunha

 

Postado em 18 de Dez 2015 as 09 : 35 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados