Ligação Direta - Notícias
Salvador, 17 de Dezembro de 2017

Mãe de Geddel fica em silêncio em depoimento à Polícia Federal

 

 

A mãe do ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), Marluce Vieira Lima, ficou em silêncio em seu depoimento à Polícia Federal na última sexta-feira (1º).

Na segunda (5), a PGR (Procuradoria-Geral da República) pediu a condenação dela e de seus filhos, também o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA), por lavagem de dinheiro e associação criminosa no caso do "bunker" de R$ 51 milhões.

No documento enviado ao STF (Supremo Tribunal Federal), a procuradora-geral, Raquel Dodge, solicita ainda que Marluce cumpra prisão domiciliar.

Na superintendência regional da PF na Bahia, em Salvador, a mãe dos peemedebistas disse que não responderia a nenhuma pergunta por orientação de seus advogados.

No termo do depoimento, há relato de que a defesa de Marluce argumentou que a autoridade policial terminou seu relatório sobre o caso antes de tomar o depoimento da investigada.

"Muito embora fosse de conhecimento formal da autoridade policial que preside a investigac?a?o que a oitiva seria realizada nesta data, a defesa te?cnica foi surpreendida com o extempora?neo encerramento das investigac?o?es, com a apresentac?a?o de relato?rio, inclusive", consta no documento.

A PF entregou ao Supremo o relatório sobre o "bunker" no dia 28 de novembro.

Folha/////A F/////

Postado em 07 de Dez 2017 as 05 : 45 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados