Ligação Direta - Notícias
Salvador, 17 de Fevereiro de 2020

Cantora gospel acusada de matar marido diz ter visto "mão de Deus" na prisão

A cantora gospel Tania Levy, presa em junho deste ano acusada de assassinar o marido, diz que pretende retomar a carreira musical. Tania teve o habeas corpus concedido na última quinta-feira (17) e disse em entrevista que viu a "mão de Deus".

Acusada de matar o marido, o guarda municipal Eliel Silveira Levy, em São Pedro, interior de São Paulo, Tania retornou ao município de Piracicaba após a soltura. Em entrevista ao G1, ela conta que teve que passar dez dias na solitária, "mas antes desse tempo acabar, decidiram abrir a porta e eu não precisei mais ficar trancada sem ver ninguém. Eu vi a mão de Deus, ele me deu um aviso de que eu poderia me apoiar nele mais ainda e que eu seria solta em breve".

Ela comenta ainda que pretende retomar a carreira musical e que recebe o apoio de alguns pastores. "Tive medo, mas depois decidi seguir em frente por ter a certeza de que eu sou inocente e de que mais cedo ou mais tarde o culpado vai aparecer".

Sobre a acusação de assassinato, Tania diz que é inocente e que o marido já havia cometido crimes. "Ele se envolveu em alguns crimes. Ele tinha pessoas que queriam matá-lo", revela. Segundo a cantora, as mesmas pessoas que estariam envolvidos no assassinato de seu marido podem estar atrás dela. "Eu tenho medo de sair na rua e fazerem comigo a mesma coisa que fizeram com o meu marido".

Foto: Reprodução/Correio24h

Postado em 22 de Set 2015 as 13 : 31 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados