Ligação Direta - Notícias
Salvador, 16 de Junho de 2019

Bolsonaro minimiza derrota de Moro e diz que 'Coaf continua no governo'

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) durante cerimônia de celebração do 71º aniversário de criação do Estado de Israel

 

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) minimizou nesta quarta-feira (22) a derrota imposta pela Câmara ao ministro da Justiça, Sergio Moro, que teve tirado de seu comando o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras).

“Continua no governo”, resumiu Bolsonaro ao ser questionado sobre o tema durante evento em comemoração aos 71 anos da criação do Estado de Israel, em Brasília.

Após uma série de embates, o plenário da Câmara aprovou nesta quarta a medida provisória que reestrutura o governo Bolsonaro, incluindo o enxugamento do número de ministérios implantado no começo do mandato.

O Coaf, que havia sido transferido à Justiça, voltou ao comando do Ministério da Economia, o que representa uma derrota a Moro.

Apesar dessa derrota, a aprovação da MP é positiva para Bolsonaro no geral, devido às dificuldades do governo para colocá-la em votação e ao risco de ela caducar até 3 de junho —o texto ainda precisará passar pelo Senado

Já nas redes sociais, Bolsonaro comemorou a aprovação pelo Senado de uma medida provisória que abre 100% do setor aéreo ao capital estrangeiro.

“Aprovada no Senado a MP que libera capital estrangeiro em companhias aéreas brasileiras. Ganha a nossa economia e nossa população com os efeitos da competitividade e do livre mercado: melhores serviços e menores preços. Parabéns a todos que trabalharam na aprovação desta medida!”, escreveu.

 

Folha/// Figueiredo 

Postado em 23 de Mai 2019 as 05 : 45 : 00

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados