Ligação Direta - Notícias
Salvador, 18 de Abril de 2021

Seis presidenciáveis assinam manifesto em defesa da democracia

 

Bandeira do Brasil, na capital federal.

Manifesto em defesa da democracia reuniu seis nomes do centro político brasileiro Ueslei Marcelino/Divulgação 

 

Seis líderes políticos que podem ser candidatos à Presidência da República em 2022 assinaram um manifesto conjunto nesta quarta-feira, 31, defendendo a democracia e criticando iniciativas autoritárias que possam colocar em risco conquistas do país como a liberdade de expressão, o acesso igualitário à Justiça e outros direitos individuais.

Assinam o documento os governadores de São Paulo, João Doria(PSDB), e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), o ex-governador Ciro Gomes (PDT), o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM), o apresentador Luciano Huck e o empresário João Amoêdo (Nov.o).

“A Democracia é o melhor dos sistemas políticos que a humanidade foi capaz de criar.  

Liberdade de expressão, respeito aos direitos individuais, justiça para todos, direito ao voto e ao protesto. Tudo isso só acontece em regimes democráticos. Fora da Democracia o que existe é o excesso, o abuso, a transgressão, o intimidamento, a ameaça e a submissão arbitrária do indivíduo ao Estado”, diz trecho do documento. 

A carta lembra que muitos brasileiros foram às ruas pela democracia nos 1980, sob o movimento Diretas Já, durante o período da ditadura militar,  pela defesa das voltas das eleições diretas — e lembra que, três décadas depois, “a democracia brasileira é novamente ameaçada”. 

 

Veja/// Figueiredo

Postado em 01 de Abr 2021 as 05 : 57 : 29

 

Copyright 2014 - Todos os direitos reservados